terça-feira, 19 de maio de 2015

Carta ao meu futuro namorado

Querido ex:
Espero que meu futuro namorado seja tão atencioso quanto você. Que me faça rir e que descubra que eu sinto cócegas. Que nunca encha o meu copo até o tampo, mesmo que eu beba a metade e depois encha novamente. E que note que eu nunca bebo o restinho de qualquer bebida (exceto água, que eu lanço fora, pois a água tem outra justificativa: é para o santo!). Sabe o que é, é que eu sempre acho que alguma coisa decantou e que aquele restinho é, possivelmente, uma sujeira. Eu quero que ele entenda que apesar de parecer meio paranoica demais eu só quero garantir que tudo fique bem. Que tudo esteja sob o controle (o meu). Então eu vou sempre conferir se a toalha está com cheiro de cachorro molhado, se tem comida suficiente para passarmos o final de semana e bla bla bla. Espero que ele nunca se atrase! Pois você, mais do que ninguém, sabe que eu odeio atrasos, eu diria que é um pouco de "distúrbio do europeu". 
Eu quero que antes de dormir você descubra logo que eu só durmo rapidinho com meu ursinho de pelúcia ou com um carinho no umbigo (ou ambos).
Eu não ligo tanto para presentes, só nas datas especiais, mas gostaria que você me desse muitas "comidas surpresas"! Isso realmente me deixa muito feliz.
Eu gostaria, meu caro, que ele fosse um tanto diferente de você. Que que na verdade que ele me faça rir pelo momentos felizes e não porque eu sinto cócegas e aliás eu odeio cócegas. Que ele me aborreça sempre com essa história de "enche só meio copo, por favor?" e diga "Mas gata, você sempre toma dois meios...". Que ele veja que essa história de beber o restinho do copo é para o santo, mas que ele pode ser o santo da vez.
Que ele regule, que brigue que reclame que dê a sua própria opinião e que me ajude a julgar que mesmo fora do meu controle ou as coisas fora do controle ainda assim estará tudo bem. Que ele me ajude a conferir se a toalha precisa ser lavada e que me ajude a fazer as compras para o fim de semana e que até mesmo um garoto pode cuidar de mim!
Que ele até pode se atrasar, mas que nunca me esqueça (e ainda assim ficarei brava, mas é o só a raiva, ainda assim vou gostar dele).
Eu espero que ele me mostre que além de gostar de dormir com um ursinho de pelúcia e gostar de carinho no umbigo antes de dormir que cafuné é muito mais gostoso. E trocaria qualquer ursinho pelo seu colo.
Eu ainda adoro "comidas surpresas"! E descobri que as datas especiais são aqueles dias que estamos juntos e de preferência nos dias que tudo dá errado.

Da namorada dele,
aquele abraço




Nenhum comentário:

Postar um comentário

"quanto menor a casinha mais sincero o bom dia" (: