quinta-feira, 14 de março de 2013

por mais que eu lembrasse de todos os contos de fadas que li e vivi, com certeza aquele não seria um. minha voz cantava docemente para aquele corpo que não me cabia nos braços nem no coração. do canto ao grito. dos gritos as lágrimas, ao fim. nenhuma lágrima, nenhuma canção o acordaria. gota por gota, eu sabia que ele iria antes de mim, não pelos dez anos a mais, mas porque queria estar com ele até o fim para que ele não visse o meu.

_
Tia Lita

2 comentários:

  1. Gostei. Até pareceu que eu estava vendo ela falar.

    ResponderExcluir
  2. adorei, simples e profundo. Sabe usar as palavras

    ResponderExcluir

"quanto menor a casinha mais sincero o bom dia" (: